Marcadores

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Retratos em branco e preto


Adoro os cinzas londrinos nas paisagens (sub)tropicais do Rio de Janeiro. O efeito libera a cidade da esteriotipada alegria frenética e a envolve em suave nostalgia. Nada melhor do que o nanquim, que há 2.000 anos é usado pelos chineses para traçar as magestosas montanhas, para delinear o relevo carioca. A técnica da aguada de nanquim é perfeita para realçar os contornos sinuosos da paisagem até que ele se dissolva numa névoa transparente. 



Acho que hoje peguei pesado na minha veia poética :)


Nenhum comentário:

Postar um comentário