Marcadores

quinta-feira, 14 de julho de 2011

RIO BOSSA NOVA



Pelo menos 10 horas do meu dia são dedicadas ao trabalho e aí quanto tenho um tempinho o que eu faço? Trabalho ainda mais! É muito engraçado como eu entro em outra sintonia quando começo a pintar. O tempo não tem ponteiros nem marcações, ele cabe no espaço da pintura. Mas como toda compulsão cobra seu preço, volta e meia bate um cansaço enorme e aí .... Eu tenho que pintar!





Um comentário: