Marcadores

quinta-feira, 14 de julho de 2011

COMO TUDO COMEÇOU





Conforme eu havia prometido lá estão as fotos do Xingú e do indianista Orlando Vilas Boas, que é esse aí, o barbudo sem camisa. O Orlando era um apaixonado pela vida e costumes dos índios. Em nosso apartamento, na época em São Paulo, Orlando fazia sessão de slides com imagens impressionantes que nos levavam para bem longe de nossa sala na Alameda Itú. Era uma viagem com milhares de borboletas amarelas contra o fundo azul,  artefatos com penas azuis, vermelhas, verdes e também as sóbrias castanhas e pretas.Só podia dar no que deu: anos depois eu continuo perseguindo aquela paleta de cores e sensações. Ah! Estão vendo este bonitão de óculos escuros, é meu pai que pilotava os Douglas DC4 que iam chacoalhando até o Xingú, como se o céu tivesse buracos. Muita aventura!

Um comentário: